15
ago

Branding: saiba como trabalhar esse conceito na sua empresa

Quando entramos em contato com uma marca, há vários elementos que contribuem com a formação dela como um todo. As mais comuns, que prestamos atenção, são as cores, o logo e o nome da marca.

Normalmente, nos damos conta dos elementos que são mais visuais. Entretanto, o branding é responsável justamente por despertar as sensações e por criar algum tipo de conexão entre o consumidor e marca. Como esses elementos são emocionais, muitas vezes não percebemos o quão importante é trabalhar o conceito de branding na empresa.

O branding tem o poder de transmitir a personalidade, o propósito e os valores da marca. Quando um consumidor percebe uma identificação entre ele e a marca, as chances dele comprar o produto ou serviço aumentam em mais de 60%.

Veja como iniciar o trabalho de branding na sua marca através das dicas dos nossos especialistas!

Identidade visual

Traduzir a essência da sua marca através de elementos visuais que a representam é fundamental para você conseguir criar qualquer conexão com o seu público. Inicie pensando quem é a sua marca e como uma logomarca poderia traduzir essa mensagem.

Quando o público tem contato com os elementos visuais da sua marca, ele possui determinadas recepções. Pense em quais sensações a sua marca quer causar e como você vai se utilizar da identidade visual para chegar ao objetivo escolhido.

Tom de voz

A sua marca deverá ser a mesma em todos os canais de comunicação que ela estiver presente. É claro que cada canal exige um tipo de linguagem diferente: mais ou menos formal e mais ou menos especializada.

O importante no tom de voz é que você crie um manual de redação da sua marca, para que ele seja sempre seguido, sem importar quem vai estar, de fato, falando pela sua empresa. Principalmente em gestão de redes sociais, pode haver mais de uma pessoa no time, entretanto a sua marca deverá ser apenas uma.

O tom de voz está diretamente relacionado com quem você conversa. Quem é seu público? Qual é a faixa etária dele? Que tipo de linguagem ele espera de uma empresa como a sua?

Se a sua área é da saúde, por exemplo, não é indicado que a sua empresa utilize muitas gírias e nem uma linguagem muito informal. Ela pode até usar uma linguagem simples, para que um leigo entenda o que está sendo dito, porém deve ser muito técnica – você só deve utilizar se tiver conversando com outros profissionais da sua área.

Aja da forma como você diz agir

Esse assunto parece bastante óbvio, mas poucas empresas de fato se preocupam com isso. Se a sua empresa divulgar uma coisa para o público externo e agir de outra forma, uma hora essa máscara vai cair e não terá gestão de crise que poderá segurar a sua marca no mercado.

Por isso, fale sempre a verdade. Se um dos seus valores, por exemplo, são as pessoas, faça com que todos dentro e fora da sua empresa consigam reconhecer, através das ações da marca, que de fato você valoriza essa humanização.

Se você quer trabalhar o branding da sua marca perante o seu público, mas não sabe quais estratégias e ações que deve tomar, deixe-nos lhe ajudar. Nós temos uma equipe especializada em marketing e branding e podemos estudar a sua marca e planejar as suas ações para fortalecer a sua empresa. Entre em contato através do nosso e-mail, telefone ou WhatsApp e vamos conversar sobre o seu negócio!